quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Somos e seremos...




Se quiseres ser amado...
Nunca se esqueças dos cuidados...

Ah!
Gosto tanto de falar do amor...
Só tenho falado de dor...
Vou parar com isso...
Vou deixar disso...

Mesmo assim...
Ainda...

Totalmente envolvida...
Vivendo e comovida...
Luto a cada dia...
Entre lágrimas... busco alegrias...

Mas...

Quando acreditamos em nós...
Somos tão fortes...
Mesmo aparentando fracos...
Somos imperadores das nossas vidas...

Somos a luz que caminha pelo universo...
Da estrela que nasce...
Somos as águas sem barreiras...
Somos percepções com asas...
Que voam até onde a saudade permite...

Somos pensamentos livres...
Somos a imaginação que nos acalenta...
Somos a determinação de vida...
Somos nós a sobreviver...
Querendo e sem mais querer...

Somos a vontade agigantada...
De tudo que faz sentido...

Somos o real não percebido...
A saudade nunca esquecida...
A falta que sente o coração...
Somos e seremos...

O amor na contra mão...

Um comentário:

Pedro Luis López Pérez disse...

Preciosos Versos donde la determinación de la Vida es lo nos hace sentir ese Amor.
Un abrazo.