sexta-feira, 18 de junho de 2010

Iluminar Corações!!!




Li em algum livro, não me lembro o nome, nem o autor,
mais ou menos isso...
“Mudamos geralmente o que pensamos, o que acreditamos,
podendo crescer e melhorar de cinco em cinco anos,
mas para que isso aconteça é preciso se ler alguns livros e
conhecer pessoas novas...”

Este pensamento é verdadeiro...

Neste São João, completo cinco anos que comecei a
navegar neste mundo virtual...

O bom é que encontrei pessoas maravilhosas,
cheias de sentimentos, de sonhos, de amor no coração,
e de carinhos transbordando...
Ampliei os meus sentimentos e conhecimentos...

Aqui...

Constitui-se um grau de compreensão bem maior.
Uma probabilidade de luz e vida onde pode existir ódio e temor.
A bondade dança valsa...
Amamos sem a necessidade doentia do amor...
Tudo está por trás do Mago Merlin, soprando aos nossos
ouvidos que existe magia nesta vida.

Aqui...

Fazemos gentilezas...
Não obedecemos a ordens...
Tudo sai do nosso coração...
As relações são de independência e muito afeto...
Mesmo se dependermos de um Amor,
não podem nos taxar de arrogantes,
possessivos, ciumentos ou egoístas...

Até que podem...

Mas...

Só pode existir afeto e respeito pela individualidade...

É um mundo virtual... É um novo mundo real!

Não exigimos amor...
Só respeito...
Mas todos são capazes de amar muito...
Esta é a beleza que vejo...

Aqui...

Temos que nos relacionar bem com o nosso inconsciente...
Não podemos ser uma ameaça...
Toda ameaça é uma relação precária para todo o mistério...
Temos que ver além...
Por dentro e pelo avesso...
O bom é relaciona-se com a essência...

O carinho não pode ser medroso...
Não podem existir impulsos secretos de agressões...
Só devem permanecer afagos...
Temos que sentir as necessidades ocultas...
É bonito o ato de entrega...
Manifestado por afetos...

Neste novo mundo, temos uma responsabilidade bem maior...
Podemos não estar enxergando as pessoas...
Mas podem existir pessoas que estão nos avistando...
É igual a andar numa avenida movimentada...
Está numa grande festa...
Viver muitos anos no mesmo bairro...
Está no estádio assistindo um clássico...
Você não ver, mas muitos lhe enxergam...
E muitos enxergam a sua alma...

Poucos sabem ver a beleza de um gato...
Mas o gato sabe nos ver...
Se existe solidão o gato sente...
Mas ele sabe enfrentar a solidão de maneira valente...
Se existe maus fluidos, o gato se afasta...

O gato não gosta de agressividade...

Precisamos sempre aprender com os gatos...

Aqui...

Somos um pouco gatos...

Presentes ou ausentes...
Aprendemos e ensinamos algo...
Perto ou longe...
Olhamos ou fingimos não ver...
Mas sabemos sentir o que nos chega...

Precisamos ver mais, dentro e além de nós...
Precisamos sentir fluidos, auras e amigos...
É preciso ser médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo.
É preciso permanecer sempre ao nosso lado...
Ter paciência, atenção, silêncio e gostar de mistérios...

Podemos ser até um monge a disposição de quem saiba perceber...
Um monge silencioso, meditativo, querendo ser sábio...
Respondendo muitas vezes perguntas medrosas...
A busca de caminhos...
Caminhos já conhecidos e trilhados...

Aqui...

Neste mundo virtual...
Esta sempre nos remetendo a pesquisa do real...
Na certeza que a cada segundo pode existir
a possibilidade de criatividade e vida...
De sentimentos e encontros...

O amor incondicional...
O respeito...
A consideração...
A amizade...
É uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel...

O amigo não deve cobrar nada...
Mas não pode deixar de sentir falta do outro...
O amigo sempre se emociona com carinho...
O amigo quer saber como estar o outro...
O amigo está sempre presente quando o outro precisa...

O amigo somos nós do outro lado...
Sente os nossos problemas...
Coloca-se a disposição...
Sente o que estamos sentindo...
Quer sempre o nosso bem...
Dá-nos o ombro e nos abraça...
Como pode nos repreender com amor e carinho...
Sendo rigoroso se é o que precisamos...
Mas...
Nunca nos desprezando...
Nunca nos deixando pior do que já nos encontramos...

O amigo chora junto...
O amigo gosta da gente de graça...
Esta é a grande beleza da amizade...
Não existe interesse... só o bem...

O amigo só se reconhece de maneira verdadeira nas tempestades...

Nas festas, tudo são alegrias...

Quando temos amigos...
Não nos sentimos só...

Aqui...

Podemos sim ter lindos amigos...
É um mundo real pra quem vive nele...

O amigo não precisa de promoção ou explicação...
A afirmação do amigo está nos nossos corações...

O amigo é reconhecido...

Naturalmente...

3 comentários:

Brasil Desnudo disse...

Adorei duas coisas em seu blog!
A rosa postada logo no início e, a postagem de Geraldo Vandré.
Boas lembraças! Me refiro dos festivais que ocorriam na época, onde ele fez parte de um deles, em 1969. Logo depois que acabou de cantar, foi preso e torturado. Na época, um dos piores da ditadura Militar... A lei do AI5, uma das mais cruéis.
Foi o ano de chubo grosso contra as manifestções que ocorriam Brasil a fora.
Aqui no Rio houve muitos casos de tortura, mortess de colegas, eu mesmo em 77 fui preso por três vezes, pois fazia parte do diretório acadêmico na faculdade e, abusado, pois tinha costas quentes, aprontei muito.
Bem!
Falando de Geraldo, vem as rosas....
Realmente elas não falam, mas nem tudo precisa ser dito,..
Muitas coisas acontecem sem seja pronunciada nenhuma palavra, basta um olhar e pronto.
Eu sou um apaixonado por rosas e orquídeas.. Tenho uma coleção de mais de 40 espécies em meu jardim particular, que as amo a cada dia.

Bem!
Foi esse os dois detalhes que foquei em seu blog, mas vou caminhar mais e, encontrei com certeza outras coisitas tão agradáveis

Um ótimo fim de semana

MARCIO EJ

Meupapinha disse...

Muito bom este texto
Verdades são ditas e verdades ocultas reveladas!
Gostei do tom e do espírito!

MENEZES disse...

RESPEITO...muita gente predica, porém não pratica! O dia em que nosso povo praticar o respeito, teremos a certeza da dignidade tão esperada! bjs